terça-feira, 10 de março de 2009

Trabalho...

Hora de entrada: 08:00 a.m.


Hora de saída: nunca antes das 20:00 p.m.


Média diária de horas trabalhadas: 12


Tá-se bem....


16 comentários:

Abobrinha disse...

Oh, linda! Continuas com esse ritmo de trabalho? Mas isso vai abrandar ou nem por isso?

Até tenho medo de perguntar, mas... e umas férias, não?

Tinta Permanente disse...

OOhh ! Sais mais tarde que eu...
Concordo com a Abobrinha, e devias ter férias a dobrar!

Ianita disse...

Já somos duas... todos os dias...

Kiss

Djinn disse...

Anuska: Oh minha amiga...sei bem o que isso é :( e o pior é q levo trabalho para casa...


Hmmmm de facto na foto tás com um ar meio alucinadito!:P:P:P
Tás a precisar de um café pa descontracção!! ;)

O Profeta disse...

Para lá desta janela sincera
Mora a luz radiosa, inconstante
Esta Lira liberta uma breve melodia
Que a brisa carrega adiante

Passos amedrontados
Olhos abertos sem vida, sem fervor
Sons mais que mil e muitos
Máscara da ironia de Deus superior

Bom fim de semana


Mágico beijo

Pedro Barata disse...

Isso anda complicado por aí...
Força!!!
Beijinhos

O Profeta disse...

O silêncio da solidão mora em meus olhos
Revela-se na tristeza, retém a palavra amarga
Tem a nudez de um aguaceiro de Maio
Uma garganta presa em grades que a voz embarga

Hoje a Ilha acordou presa ao silêncio
Os pássaros voaram no chão de barro frio
Esqueceram-se de subir ao azul
Lavaram as penas nas águas de um rio


Convido-te a descansar a alma nas minhas pedras de Ouro

Boa semana


Mágico beijo

O Profeta disse...

Para que a terra não trema
Para que esta Ilha seja de boa guarida
Mil e muitas ave-marias
Para iluminar tanta alma perdida

Em meu peito bate a fé
Sou um caminhante de muda revolta
Olhos presos a este manto verde
Alma que se ergue e fica solta


Boa Páscoa



Mágico beijo

O Profeta disse...

Ó chamateia que fala da saudade
Ó canção que pões um brilho nos olhos
Ó mulher que tens a forma da viola
Ó que espalhas paixões aos molhos

E o cantar da meia-noite
A todos encanta e seduz
Cantar até que morra a voz
Cantar até que haja luz


Boa semana


Doce beijo

O Profeta disse...

A maresia adormeceu na areia
O mar transformou-se em espelho de água
Uma nuvem mirou-se nele
Verteu uma última gota de mágoa

Este sol que beija a ilha na manhã
Traz um sorriso cheio de mistério
Este verde orvalhado pela bruma da noite
É o tapete de um Deus no seu império


Boa semana



Doce beijo

O Profeta disse...

Ao meu querer!
Dias noites, estações esquecidas
Inventei sonhos para sonhar
Lavei mágoas, dores perdidas

Uma árvore toca as águas da lagoa
O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
Um Melro negro solta um pio ao acaso
A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


Convido-te a ver a Cor da Claridade


Doce beijo

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Força de Expressão disse...

hara em que eu vivo..

08:00 da manhã...

hora em que eu morro..

18:00 ...

hora que que eu renasço...

toda madrugada.. e que se dane a hora.. nas madrugadas estou no meu blog, ali sim.. é viver... sempre paixão, sempre amor..

então, entendo se tudo isso é bom, então.. hora pra que? rsssss

viver é a melhor hora !!!!


te convido, pra deixar um comentario em meu blog, ..


beijão... otimo natal.


www.forcadeexpressao.com